SECÇÃO: Generalidades

Opiniões que Valem
Quem disse? (127)

foto
1 - Só existem dois dias no ano em que nada pode ser feito: no dia de ontem e no dia de amanhã. Portanto, hoje é o dia certo para amar, acreditar, solidarizar, sorrir, fazer o que tem de ser feito… Hoje é o dia de viver;
2 - Ninguém na Terra é tão bom que possa proclamar-se plenamente liberto do mau e ninguém é tão mau que não possa fazer algum bem nas dificuldades do caminho;
3 - De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto;
4 - Se uma pessoa resolve lutar, convém saber a razão pela qual está a lutar. Caso contrário, não faz sentido. A pessoa geralmente luta contra um poder, a fim de conquistar o poder para si próprio. Ou porque o poder em questão está a ameaçar a sua vida;
5 - Mesmo que os meus passos sejam falsos, mesmo que os meus caminhos sejam errados, mesmo que o meu modo de levar a vida incomode, eu sei quem sou, e sei pelo que devo lutar. Se acha que o meu orgulho é grande, é porque nunca viu o tamanho da minha fé;
6 - Com o mundo que não leva ninguém a lado nenhum, não o quero e não estou nele. Mas com o mundo dos inocentes, dos honestos e dos injustiçados, preocupo-me e estou nele;
7 - Na vida, há quem viva com os pés assentes no chão. Outros vivem-na nas asas, na utopia. Depois, ficam como que um balão que a qualquer hora rebenta. Então caem as asas, acordam para a realidade do mundo e vêem uma realidade que antes era perturbada pela doença.
8 - Os vícios e as imperfeições tomam conta da mente de cada um em pequenas ou grandes proporções, fazendo com que a dependência cresça no individuo, de forma a enveredá-lo por caminhos infelizes, ou seja, aprisionando-o;
9 - Uma Sociedade estatizada é uma Sociedade pobre – por abafar a atenção inteligente ao caso particular e a gratuidade que anima e motiva tanto pessoas como comunidades;
10 - A pressa em mostrar que não se é pobre é, em si mesma, um atestado de pobreza. A nossa pobreza não pode ser motivo de ocultação. Quem deve sentir vergonha não é o pobre, mas sim quem cria a pobreza.

(O autor não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico)

Artur Soares
(soaresas@sapo.pt)

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.