SECÇÃO: Generalidades

Opiniões que Valem
Quem disse? (125)

foto
Eu quero saber como Deus criou este mundo. Não estou interessado neste ou naquele fenómeno, no aspecto deste ou daquele elemento. Eu quero conhecer os pensamentos d’Ele, o resto são detalhes;
Havemos sempre de lamentar o tanto que esquecemos, o tanto que perdemos, quando aquilo que procurávamos era o caminho em frente, era seguir, crescer, construir;
Quando recebemos um ensinamento devemos recebê-lo como um valioso presente e não como uma dura tarefa. Eis aqui a diferença que transcende;
Só há duas coisas infinitas. O Universo e a estupidez humana, mas não estou muito seguro da primeira. Da segunda pode-se observar como nos destruímos só para demonstrar quem pode ou manda mais;
Quando na vida se olha para trás, pode pensar-se que já se andou demais. Se se olha para longe, pode acontecer que ainda falta muito caminho a percorrer. Então, o melhor é olhar permanentemente para os passos dados em cada dia;
Algumas vezes o que se deve fazer é não fazer nada; algumas vezes o que se deve dizer é não dizer nada; pois as pessoas não se lembram de nós quando não se está presente, mas, somente, quando sentem a nossa falta;
Não é possível que a civilização ande para trás, enquanto há jovens no mundo. A juventude pode ser teimosa, mas pode fazê-la avançar a uma grande distância;
Se você agir, pensar ou escrever com dignidade, pode não melhorar o Mundo, mas uma coisa é certa: haverá na Terra um canalha a menos;
Às vezes somos muito cruéis. Vivemos a tentação comum de criticar para satisfação pessoal ou provocar uma vantagem pessoal. Às vezes, as crises de fraternidade devem-se à fragilidade da personalidade;
O Homem, criado à imagem e semelhança de Deus, sabe o que lhe convém. Luta pelo que necessita e, mesmo que não a adquira, tem a preocupação de clamar a si a felicidade, porque pensa;
Fala-se tanto da necessidade de deixar um planeta melhor para os nossos filhos e, esquecem-se da urgência de deixarmos filhos melhores para o nosso planeta;
Se as ratazanas da inveja, da calúnia, da maledicência, da crítica destrutiva e da traição ameaçam destruir-te… voa mais alto! Lembra-te que as ratazanas não gostam das alturas.

(O autor não escreve segundo o novo Acordo Ortográfico).

P.S. Formulo votos de boas e santas férias a todos os Leitores, bem como a todos os que proporcionam o jornal O CONQUISTADOR. Então até Setembro.

Artur Soares
(soaresas@sapo.pt)

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.