Arquivo: Edição de 28-07-2006

SECÇÃO: Região

100 anos depois

foto
Festas Gualterianas 2006

A Irmandade de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos apresentou o programa religioso das maiores festas da cidade no passado dia 18 do corrente mês.
Este ano, especialmente, o Cardeal D. José Saraiva Martins, Prefeito da Congregação Vaticana para a Causa dos Santos, preside à solene celebração da eucaristia no dia 6 de Agosto, às 11,00h, na igreja dos Santos Passos.
D. Jorge Ortiga, Arcebispo Primaz de Braga e D. Manuel Monteiro da Castro, Núncio Apostólico em Madrid e ilustre vimaranense serão concelebrantes na eucaristia que será animada no canto litúrgico pelo Grupo Coral de Azurém.
foto
Divulgar e motivar para o programa religioso destas festas no arciprestado de Guimarães e Vizela é um dos principais objectivos da Irmandade que prevê a envolvência e participação activa do Núcleo de Guimarães do CNE - Corpo Nacional de Escutas, das paróquias e Irmandades da cidade e zonas limítrofes.
Sua Eminência, o Senhor Cardeal D. José Saraiva Martins, chegará a Guimarães no final da manhã do dia 5 de Agosto.
A virtude da pobreza do franciscano S. Gualter anima a actual Mesa da Irmandade na prossecução dos seus objectivos, pois a realização de tão grandioso programa só é possível graças à ajuda – pequena – da Câmara Municipal de Guimarães e da Oficina.
De parcos recursos económicos a Irmandade anima-se para vencer os muitos encargos e está decidida na realização do programa religioso das festas.
Da parte da tarde do dia 6 de Agosto, às 17,00h será a procissão de S. Gualter que vai percorrer as principais artérias da cidade.



Nos anos idos de 1216/17 S. Francisco de Assis enviou para Portugal os seus discípulos fr. Zacarias e fr. Gualter, segundo escreveu fr. Lucas, dizendo-lhes: Filhos eu vos tenho destinados pera pregardes no Reino de Portugal. Aveis de ir de dous em dous, em nome do Altíssimo Senhor, o qual vos guarde e ajude no Caminho. E lembrai-vos, que Ele vos encomenda a salvação de muita gente. Pelo que trabalhai por pregardes penitência: mas sejam vossas palavras acompanhadas por obras, porque neste caso o exemplo monta mais, que a doutrina.
São Gualter, chegado a Guimarães recolheu-se próximo da vila e no sopé do monte de Santa Catarina em local deste então designado por Fonte Santa, em Urgeses. A sua prática de vida e as suas pregações, conduziram que logo após a sua morte lhe fosse prestada veneração, havendo relatos de sucessos milagrosos junto do seu primeiro sepulcro. A fé e a devoção a S. Gualter foi crescendo sempre acompanhada por notícias milagrosas o que terá conduzido para que presuntivamente no ano de 1527 tenha sido fundada a Irmandade de São Gualter, sendo certo que no ano de 1577 a Irmandade e o povo de Guimarães erigiu uma capela na igreja do Convento de S. Francisco. Logo no ano seguinte foi a Irmandade indulgenciada por Sua Santidade o papa Gregório XIII (17.12.1578).
Continua a fé e o culto em honra do padroeiro de Guimarães e por certo desde cedo se fazia sair a solene procissão em sua honra, pois a 20.01.1622 obtêm a Irmandade de São Gualter, do Rei D. Filipe III, alvará para renovar a Procissão passando dessa forma a dita procissão a contar com a assistência pessoal dos vereadores da Câmara.
Passam-se os anos e com a reforma da igreja de São Francisco, por volta de 1750, assistiu a Irmandade de São Gualter à demolição da sua capela, só obtendo novamente altar de culto no ano de 1800 por acordo obtido do marquês de Pombal, administrador do Altar do Descendimento, na igreja de S. Francisco. Aí são de novo postas à veneração popular as venerandas relíquias do milagroso São Gualter, facto que muito agradou aos vimaranenses, recrudescendo assim o culto e as atenções da Irmandade para com o seu património fazendo importantes obras na Fonte Santa, restaurando imagens e relicários.
A partir de meados do sec. XX transfere-se a Irmandade de São Gualter para a igreja da Real Irmandade de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos, tendo para esse efeito mandado fazer nova imagem de São Gualter, de corpo inteiro, que foi instalada num altar da dita igreja.
Desde então é desta morada que se faz sair a Solene Procissão de São Gualter, no primeiro domingo de Agosto.
ISG/JCC/2005


Novo Colégio
de Nossa Senhora da Conceição

foto
A benção da primeira pedra do futuro novo edifício do Colégio de Nossa Senhora da Conceição, na Quinta de Creixomil, junto à pista dos irmãos Castro é igualmente um acontecimento muito especial para a Irmandade de Nossa Senhora da Consolação e Santos Passos.
O Senhor Cardeal D. José Saraiva Martins preside à celebração da benção no dia 6 de Agosto e o Ministro da Segurança Social, Dr. José Vieira da Silva estará presente na cerimónia da benção e lançamento da primeira pedra.
O projecto do novo Colégio com um orçamento superior a cinco milhões de euros, foi apresentado na manhã do dia 24 de Julho e a direcção do Colégio de Nossa Senhora da Conceição ainda não tem qualquer garantia do Estado para apoiar esta obra.
O terreno na Quinta de Creixomil e o projecto agora apresentado estão pensados para, numa fase posterior à construção do novo edifício, que agora se destina ao ensino pré primário e ao ensino primário, dar resposta a outras fases etárias e a outros ciclos de ensino.
As condições físicas e funcionais do actual edifício; a sua localização; a necessidade de dar resposta à grande procura por parte dos pais e a reabertura a novos ciclos de ensino são motivo suficiente para que a direcção encare este projecto como obra prioritária e urgente.
foto
O Arquitecto Raúl Roque, responsável principal pela execução deste projecto apresentou-o como sendo um edifício de linguagem simples e serena, com capacidade para 12 salas do ensino primário e 9 salas do ensino pré-primário.
O novo Colégio de Nossa Senhora da Conceição iniciará a sua actividade no ano lectivo 2007/2008. Este é, pois, mais um desafio que a actual direcção se prepara para enfrentar e vencer.
Por sua vez o velho e actual edifício, pela sua localização e pela necessidade sentida a nível social, porque há uma procura crescente muito acentuada e se nada acontecer em contrário, a direcção prevê a total recuperação e reabilitação profunda do edifício para o serviço à Terceira Idade.

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.