Arquivo: Edição de 20-09-2019

SECÇÃO: Informação Religiosa

zona pastoral de Pevidém

foto
A comunidade paroquial de S. João Batista de Gondar, neste arciprestado, assinalou no passado dia 15 de agosto os 60 anos de ministério sacerdotal de monsenhor Domingos Silva Araújo.
A celebração da eucaristia de ação de graças teve lugar na tarde daquele dia com a participação ativa da comunidade paroquial e de vários amigos do monsenhor Domingos. Após a celebração seguiu-se, na cripta da igreja, a sessão de apresentação do livro Gondar, uma co autoria de monsenhor Silva Araújo e do drº. Paulo Oliveira. A apresentação da obra esteve a cargo do Dr. Ernesto Português que referiu “De Gondar, nesta obra graficamente tão agradável, ficamos a conhecer melhor as suas origens, situação geográfica, povoamento e origem da sua toponímia, a evolução demográfica, a sua história religiosa e organização institucional.
O retorno dos autores à terra de origem em busca das raízes mais profundas é, antes de mais, uma necessidade de confronto das vivências do presente com os arquétipos do passado, um reviver dos espaços e dos tempos significativos que, eventualmente, lhes determinou um rumo.
Ora, aqui encontramos uma muito completa radiografia dos traços marcantes do séc. XIII à alvorada do séc. XXI, nos mais diversos setores, deparando-nos agora com uma freguesia em completa transformação paisagística, económica, social e cultural.
Estamos perante um trabalho de amor e paixão dos autores, onde se espelha alegria e orgulho, porque conseguem olhar “as sombras” numa perspetiva do raiar do sol do dia seguinte.
Mas não são somente os limites geográficos que definem uma freguesia ou comunidade. São sobretudo as marcas de caráter humano, vivencial, social e artístico – a que Mons. Silva Araújo chama “a grandeza de Gondar” – legadas de geração em geração que, através do tempo, se foram configurando, materializando e enraizando na consciência comunitária definindo-lhe uma determinada identidade.
Os sinais constitutivos desses traços ficaram registados em documentos. Ao historiador, detentor de “ferramentas” e técnicas de investigação, coube, numa primeira fase, a busca dessas fontes. A fase da hermenêutica passou pela leitura atenta e interpretação, passando sempre pela validação no confronto com outras fontes escritas e orais.
Por outro lado, a História Oral, aqui bem presente, é validada no confronto da memória do autor com outras fontes, sobretudo escritas e iconográficas, para as quais com frequência nos remete.
Ora, reunir em livro todas essas pesquisas e memórias é garantir-lhes perenidade, é dar oportunidade de serem revisitadas com grande facilidade e comodidade de consulta. Através do livro – como extensão da memória e da imaginação – o passado torna-se presente. A vida projeta-se no futuro e o livro é, exatamente, essa ponte entre o passado e o futuro.”

Santa Cristina de Cerzedelo

- envio missionário do padre Daniel
foto

O padre Daniel Cardoso Pereira, ordenado em 18 de julho de 2004, foi dispensado, no passado dia 14 de julho deste ano, por nomeação episcopal, da paroquialidade S. Martinho de Arco de Baúlhe, S. Tiago de Faia e Sto. André de Vila Nune, arciprestado de Cabeceiras de Basto, e autorizado a prestar serviço na paróquia de Santa Cecília de Ocua, diocese de Pemba, Moçambique.
O padre Daniel Cardoso Pereira celebra no próximo domingo, dia 22 de setembro, às 11h00, na igreja paroquial de Santa Cristina de Cerzedelo, o seu envio missionário para a paróquia de Santa Cecília de Ocua, no norte de Moçambique.
SALAMA é o projeto de cooperação missionária entre as dioceses de Pemba e Braga que o padre Daniela abraçará pelo período de um ano.

- ESCOLA BÍBLICA 2019-2020 (desde abril de 1996)
A BÍBLIA, FONTE E ALEGRIA
DA MISSÃO

A Palavra possui, em si mesma, uma tal potencialidade, que não a podemos prever. O Evangelho fala da semente que, uma vez lançada à terra, cresce por si mesma, inclusive quando o agricultor dorme (cf. Mc 4,26-29). A Igreja deve aceitar esta liberdade incontrolável da Palavra, que é eficaz a seu modo e sob formas tão variadas que muitas vezes nos escapam, superando as nossas previsões e quebrando os nossos esquemas.
(da EXORTAÇÃO APOSTÓLICA: EVANGELII GAUDIUM, do Papa FRANCISCO, nº 22)

ANO 2019-2020 - ESCOLA BÍBLICA – ANO 24 –
A BÍBLIA, FONTE E ALEGRIA DA MISSÃO

Outubro
12– abertura
A BÍBLIA, FONTE E ALEGRIA DA MISSÃO
- drª Paula Oliveira, vereadora da Ação Social, da Câmara de Guimarães.
19 – A MISSÃO NA BÍBLIA E NA VIDA
– Conceição Silva
26 - O SENTIDO DA MISSÃO NA BÍBLIA
– Conceição Silva

Novembro
9 – A BÍBLIA NA TUA EXPERIÊNCIA MISSIONÁRIA – padre Joaquim, SVD
16 – OS PROFETAS E A SUA MISSÃO
– padre Joaquim, SVD
23 – O PROFETA JONAS, MISSIONÁRIO QUE O NÃO QUERIA SER – padre Luís Miguel
30 – LUCAS, O EVANGELISTA DA MISSÃO
– padre Luís Miguel

Fevereiro
15 – DE CRISTO EVANGELIZADOR A UMA IGREJA MISSIONÁRIA – profª Alzira
22 - A MISSÃO NOS ACTOS DOS APÓSTOLOS
– profª Alzira

Abril
26 – celebração, 11h00

Maio
4 a 9 – Grupo de Catequistas e Escola Bíblica

HORÁRIO / LOCAL
das 20h30 às 21h30 (na sala anexa à igreja paroquial)

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.