Arquivo: Edição de 20-09-2019

SECÇÃO: Informação Religiosa

Com Maria, Mãe da Missão, Semeamos Esperança

foto
A peregrinação do arciprestado de Guimarães e Vizela à Penha assinala, ao longo de tantos anos, o início do ano pastoral nesta parcela da arquidiocese de Braga.
No passado dia 8 deste mês de setembro, festa da natividade da Virgem Maria, o arcebispo primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, presidiu à 126ª peregrinação arciprestal à Penha.
O arcebispo primaz referiu igualmente, que esta peregrinação marca, em cada ano, o início dos trabalhos do ano pastoral que, desde há três anos se orienta pela virtude da Esperança como meio e objetivo para alcançar a renovação da Igreja.
O ano missionário extraordinário que culminará em outubro próximo deverá interpelar os cristãos a tornarem-se Semeadores de Esperança, como também referiu o arcebispo D. Jorge.
A realização da Jornada Mundial da Juventude, que terá lugar em Lisboa no ano 2022, deverá desafiar a Igreja de Braga a acreditar fortemente nas capacidade dos jovens apresentando-lhes o verdadeiro rosto de Jesus Cristo.
Radicalidade, Conhecimento e Profecia, foram eixos que D. Jorge Ortiga apontou como referência prioritária para a renovação da pastoral das comunidades cristãs da arquidiocese.
A radicalidade no seguimento da pessoa de Jesus deve impulsionar os cristãos a não ter medo de ocupar o seu lugar na vida e na sociedade de forma mais ativa. Disse, aliás, a este propósito que “pecamos por negligência” quando deixamos de cumprir a missão de ser discípulos.
Conhecer o evangelho e a doutrina social da Igreja deve tornar-se propósito de vida de cada cristão, considerando que, muitos se detêm no conhecimento superficial adquirido nas redes sociais. O arcebispo primaz desafiou, ainda, os fiéis a conhecer os programas que os diversos partidos políticos apresentam para que decidam livre e conscientemente o seu voto no próximo dia 6 de outubro.
A ousadia da profecia impulsionará a Despertar, a Ser e a Semear Esperança atendendo ao cuidado que todos devemos à nossa casa comum.
Por último, o arcebispo primaz de Braga deixou a seguinte questão: “Como poderei ser eu um semeador de Esperança?”
C. Silva

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.