Arquivo: Edição de 27-07-2018

SECÇÃO: Região

estudo sobre as empresas familiares apresentado em Guimarães
Roadmap para as Empresas Familiares

foto
No dia 19 de setembro, na Plataforma das Artes, em Guimarães, será apresentado um estudo pioneiro sobre as 41 mil empresas familiares existentes no Norte de Portugal. A Conferência Internacional “Roadmap para Empresas Familiares: Mapeamento, Profissionalização e Inovação” é organizado pelo Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais – Polo da Universidade do Minho (CICS – UM), a Associação Empresarial de Portugal (AEP) e a Câmara Municipal de Guimarães.
“É muito importante este tipo de estudos para termos uma perceção da existência destas empresas familiares, reconhecendo que há uma grande prevalência no concelho de Guimarães”, apontou Domingos Bragança na conferência de imprensa realizada no passado dia 16 de julho, que teve lugar no Salão Nobre do município. O presidente da Câmara considera que, desde logo, “a existência deste estudo reconhece a importância destas empresas perante a sociedade”, mencionando a “grande coesão nas empresas familiares que chega a ser determinante para a coesão territorial”.
A investigadora da Universidade do Minho e responsável pelo projeto, Ana Paula Marques, explicou que o estudo resulta do trabalho desenvolvido ao longo de dois anos com o objetivo de “identificar e mapear as empresas familiares na região Norte, avaliar o seu impacto na economia local, nacional e internacional”.
O evento contará com conferencistas internacionais e nacionais na discussão e reflexão sobre os fatores críticos de inovação e profissionalização das empresas familiares. O programa foi elaborado com vista a promover a diversidade temática e abordagens dinâmicas orientadas para questões da atualidade. De manhã, Manuel Bermejo, professor do Instituto de Empresas da Business School, fará a conferência de abertura e abordará a temática central da governance das empresas familiares.
À tarde, a investigadora da Universidade do Minho e coordenadora do projeto Roadmap, Ana Paula Marques, apresentará os resultados dos dois anos do estudo, seguindo-se uma mesa redonda com José Paulo Esperança, diretor da Business School do ISCTE – IUL, Ester Silva, vice-presidente da Comissão Coordenadora da Região Norte (CCDRN) e Manuel Carvalho da Silva, investigador do Centro de Estudos Sociais (CES) da Universidade de Coimbra. A discussão será moderada por Isabel Furtado, CEO da Têxtil Manuel Gonçalves (TMG).
Em simultâneo decorrerão quatro sessões temáticas paralelas ao longo do dia: “sucessão e liderança da propriedade”; “governance e família empresária”; “internacionalização, financiamento e redes”; “comunicação e gestão de conflitos”, serão as dimensões temáticas em discussão.
A conferência será encerrada pela Secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann, por Paulo Nunes de Almeida, presidente da AEP, Rui Vieira de Castro, Reitor da Universidade do Minho, Domingos Bragança, presidente da Câmara Municipal de Guimarães e Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.