Arquivo: Edição de 16-10-2015

SECÇÃO: Informação Religiosa

25 de outubro de 2015
Consagração do santuário de S. Torcato

foto
O arcebispo primaz de Braga, D. Jorge Ortiga, preside, no dia 25 deste mês, às 10h30, à celebração da eucaristia de bênção e consagração do santuário de S. Torcato, em Guimarães.
Decorridos 190 anos desde a colocação da primeira pedra – que aconteceu em 1825 - estão concluídas as obras e o mosteiro de S. Torcato acolhe a festa de bênção e consagração no próximo dia 25 deste mês.
O projeto inicial é do  arquiteto vimaranense Luiz Ignácio Barros Lima. Mas desse projeto apenas se finalizou a capela-mor que acolheria, a 4 de julho de 1852, o corpo de São Torcato e que mais tarde acabou por ser demolida.
Em 1868, o santuário conheceu novo projeto, de um arquiteto alemão, que foi posto em prática pelo arquiteto Marques da Silva, no qual se misturam elementos de âmbito gótico, românico, renascença e neoclássico. Inaugurado em 1946, as obras não concluíram aí, ficando por executar a capela-mor, as capelas laterais e a cúpula do transepto. As obras recomeçaram em 1982 até à sua conclusão, em 2015.
 
foto
Na vila de S.Torcato, bem próximo de Guimarães, venera-se desde há séculos, o corpo incorrupto de S.Torcato, o glorioso mártir que se pensa ter morrido a 26-02-719.
Desenvolveu-se intensamente o culto a S. Torcato e houve necessidade de edificar um Santuário mais amplo e em lugar mais acessível do que aquela pequena capela na igreja paroquial onde se conservou até então a venerada Relíquia.
As obras começaram em 1825 no sítio chamado “Penedos de Maria do Monte Maio”.
O Santuário de S. Torcato obra única e imponente construída durante longos anos com muita arte e empenho e os seus frondosos parques envolventes, ocupam o centro da vila, e está integrado na paróquia de S. Torcato com quem partilha a sua atividade religiosa e de evangelização.
Ali cresce a obra que constitui o objetivo da Irmandade na sua missão de honrar e promover S. Torcato.
E a obra não tem limites porque é grande a missão da Irmandade, que inclui as atividades Religiosas, de Evangelização, Sociais, Culturais entre outras, com destaque para o Centro Social da Irmandade de S.Torcato, Cantina Social e Banco de Apoio Social.
As obras de reabilitação e beneficiação do Santuário, do adro e a criação de uma zona destinada a Veleiro, Centro de Atividades da Irmandade de S.Torcato e Ponto de Encontro foram intervenções de grande importância para a vida do Santuário e para melhor receber os devotos de S. Torcato.
Assim, ao fim de quase dois séculos (190 anos) estão concluídas as obras do Santuário de S.Torcato, que atravessaram várias gerações que nas suas mais diversas áreas de atuação se envolveram empenhadamente e tornaram possível esta imponente e grandiosa obra.

- dr. Novais de Carvalho, Juiz da Irmandade de S. Torcato

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.