Arquivo: Edição de 25-10-2013

SECÇÃO: Região

GUIMARÃES JAZZ

foto
O programa do Guimarães Jazz 2013 foi apresentado por Ivo Martins, diretor artístico, em conferência de imprensa realizada no passado dia 21 deste mês, no café concerto do Centro Cultural Vila Flor.
Mantém-se ativa a parceria para a realização do Guimarães Jazz: associação Convívio, Oficina e a Câmara Municipal.
Para Eduardo Meira, representante da associação Convívio, o Guimarães Jazz é uma festa a envolver a cidade.
O “sangue” do Guimarães Jazz “corre nas veias” do novo vereador da cultura da Câmara Municipal. Para o dr José Bastos que está, desde a origem, na realização do festival, a cultura é um pilar fundamental para o desenvolvimento e a economia vimaranense, conferindo-lhe reconhecimento de verdadeiro ex libris da cidade.
O Guimarães Jazz volta a afirmar-se como polo de difusão e criação cultural. O programa da edição deste ano, que decorrerá de 7 a 16 de novembro em vários locais da cidade de Guimarães, mantendo o seu epicentro no Centro Cultural Vila Flor, refere a linha de continuidade daqueles que são os seus traços identitários fundamentais. O Guimarães Jazz 2013 propõe uma sequência de concertos com músicos e formações de pertinência artística incontestável e um conjunto de atividades paralelas (workshops, jam sessions, parceria TOAP/Guimarães Jazz) que reafirmam a sua vocação formativa de jovens instrumentistas e de novos públicos, bem como o seu papel enquanto plataforma geradora de espaço de crescimento e visibilidade dos novos valores do jazz português.

CHANO DOMÍNGUEZ WITH WDR BIG BAND
DIREÇÃO DE VINCE MENDOZA

Chano Domínguez (n. 1960, Espanha) é um compositor e pianista, autor singular de uma música que cruza as formas musicais do jazz com os ritmos e estruturas harmónicas do flamenco. As suas raízes andaluzas foram, desde o início, uma referência importante na música de Domínguez, embora a sua primeira banda, influenciada por projetos como os Weather Report, se situasse nos territórios da música de fusão e do rock progressivo em voga na década de 1970.
RON CARTER “GOLDEN STRIKER TRIO”

Ron Carter (n. 1937, EUA) é um dos mais influentes contrabaixistas vivos, tendo participado em mais de 2500 edições discográficas e colaborado com nomes seminais da história do jazz como Miles Davis, Hank Jones, McCoy Tyner, Chet Baker e Wayne Shorter, entre muitos outros.

IVAN PADUART TRIO “IBIZA”

Ivan Paduart (n. 1966, Bruxelas) é um dos mais importantes nomes da cena jazzística belga da atualidade e um músico com um percurso de assinalável consistência como compositor e como pianista.

MARTIAL SOLAL NEWDECABAND

Martial Solal (n. 1927, Argélia) é reconhecido, atualmente, como um dos mais originais e inventivos músicos europeus de jazz da segunda metade do século XX.

BIG BAND, ENSEMBLE DE CORDAS E CORO DA ESMAE
MÚSICA E DIREÇÃO DE ANDREW D’ANGELO

Este formato favorece a proximidade entre universos musicais distintos (o jazz e a música clássica) e proporciona aos músicos envolvidos uma experiência de confluência de linguagens e abordagens, algo que contribui também para a reafirmação da absoluta contemporaneidade do jazz no contexto da música atual.
Este ano, o convidado para a direção do projeto será o saxofonista e compositor Andrew D’ Angelo, praticante de uma música que orbita nas extremidades do jazz mais clássico, do free, da música erudita contemporânea e da eletroacústica.

PROJETO TOAP / GUIMARÃES JAZZ 2013

O nome escolhido para o projeto TOAP / Guimarães Jazz 2013 foi o de João Guimarães, um valor emergente da nova geração do jazz português.

ANDREW D'ANGELO, JOHN EGIZI, GERALD CLEAVER & BEN STREET

Andrew D’Angelo (n. 1966, EUA) é saxofonista e um dos nomes mais importantes da comunidade de jazz de Brooklyn, sendo reconhecido criticamente pelo seu trabalho como instrumentista e compositor.

JACK DEJOHNETTE GROUP FEAT. DON BYRON

Jack DeJohnette (n. 1942, EUA) é um baterista de excecional dimensão e um músico cuja obra compõe, em si própria, a cartografia de alguns dos mais significativos momentos não apenas do jazz da segunda metade do século XX como também do presente da música contemporânea.


KENNY WERNER-DAVID SANCHEZ QUINTET

Kenny Werner (n. 1951, EUA) é um pianista e compositor prolífico e o exemplo notável de um músico que concilia uma propensão pessoal espiritual com uma grande autoconsciência da componente teórica da prática musical, que o levou à escrita do livro Effortless Mastery – Liberating the Master Musician Within, hoje uma das mais lidas e influentes obras de reflexão sobre a improvisação na música.

HR BIG BAND FEAT. JOHN ABERCROMBIE AND JIM MCNEELY

A HR Big Band, de Frankfurt, é uma das mais reputadas orquestras de jazz do mundo e é, desde 2011, dirigida artisticamente por Jim McNeely. No concerto desta edição do Guimarães Jazz, o convidado principal e solista será o guitarrista John Abercrombie e serão da autoria deste músico as composições que irão ser interpretadas.

ANIMAÇÕES MUSICAIS
 
Durante quinze dias, Guimarães vive ao ritmo do jazz. Se anda pela cidade, esteja atento. Poderá ser surpreendido a qualquer momento

JAM SESSIONS

As jam sessions conferem ao Guimarães Jazz uma das suas facetas identificadoras. A componente de improvisação das jam sessions revela o lado mais informal do jazz, permitindo que o público menos conhecedor desta música a possa ouvir num ambiente mais direto e próximo dos músicos.

EXPOSIÇÃO DE CARTAZES DO GUIMARÃES JAZZ 1992-2013 

O CAAA - Centro para os Assuntos da Arte e Arquitectura apresenta uma exposição dos cartazes que têm divulgado o festival ao longo dos anos.

OFICINAS DE JAZZ

As oficinas de jazz são orientadas por Andrew D'Angelo (saxofone), Ben Street (contrabaixo), Gerald Cleaver (bateria) e John Egizi (trombone).

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.