Arquivo: Edição de 27-09-2013

SECÇÃO: Generalidades

SER SAÚDE

Reduxa o consumo de sal

foto

Está cientificamente comprovado que o atual consumo elevado de sal é uma causa importante de hipertensão arterial e, por conseguinte, de doenças cérebro-cardiovasculares como o AVC e o enfarte do miocárdio, aumentando, também, o risco de doenças renais.
Em Portugal, a quantidade de sal consumida é sensivelmente o dobro daquela que é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (5g/dia), tornando-se, por isso, urgente começar a reduzir, de forma progressiva, a quantidade de sal na alimentação.
Há alguns anos atrás, defendemos que as ervas aromáticas (www.sersaude.com) são um excelente substituto do sal, conferindo sabores, aromas e cor às refeições. A sua utilização influencia positivamente a saúde, pela redução da quantidade de sal nos alimentos e pelas propriedades benéficas que apresentam.
Estas plantas são produzidas em Portugal e são de fácil cultura, mesmo em ambiente doméstico, nomeadamente a salsa, os coentros, o manjericão e a hortelã.
A Direção-Geral da Saúde elaborou o documento Ervas Aromáticas e Similares, que disponibiliza em www.dgs.pt

Nuno pereira de Sousa
Médico de Saúde pública

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.