Arquivo: Edição de 14-06-2013

SECÇÃO: Generalidades

SER SAÚDE

Pessoas idosas e calor

foto
Com o tempo quente, as necessidades hídricas (água) aumentam e, como as pessoas idosas têm muita relutância em beber líquidos, torna-as num dos grupos mais vulneráveis ao calor, tendo uma maior probabilidade de ocorrerem situações relativamente graves para a sua saúde (por ex.: desidratação, “golpe de calor”, entre outros).
Para que possa disfrutar saudavelmente do calor e do sol, deve seguir medidas simples, como:
• Beber cerca de 1,5 a 2 litros de água por dia (alternativamente, pode ser feito sob a forma de infusões, chás ou refrescos sem açúcar e sumos de fruta naturais). É necessário criar o hábito de ingerir líquido mesmo que não tenha sede;
• Nos dias de maior calor deve permanecer em casa, escolhendo a divisão mais fresca, com as persianas ou portadas fechadas. Se sair à rua deve vestir roupa, leve, larga e fresca, de preferência de algodão, cobrindo a maior parte do corpo, usar chapéu de abas largas, óculos com proteção contra radiação (UVA e UVB) e utilizar protetor solar com fator igual ou superior a 30;
• Evitar a exposição direta ao sol entre as 11 e as 17 horas. Não deve ir à praia nos dias de grande calor e, quando for à praia ou piscina, deve renovar a aplicação de protetor solar de 2 em 2 horas e após os banhos;
• Evitar estar em pé durante muito tempo, especialmente em filas e ao sol;
• Se for viajar de automóvel (sem ar condicionado) ou para a praia, deve ir nas horas de menos calor. Não ficar dentro de viaturas expostas ao sol.

Enfª Leonor Novais

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.