Arquivo: Edição de 24-05-2013

SECÇÃO: Região

entre 6 e 15 de junho
Festivais Gil Vicente

A edição de 2013 dos Festivais Gil Vicente realiza-se entre 6 e 15 de junho próximo. A programação deste ano privilegia a produção teatral contemporânea realizada em Portugal e também espetáculos de outras nacionalidades e obras de diferentes dramaturgos.
A estreia em Portugal de “Ping Pang Qiu” da conceituada criadora e atriz espanhola Angélia Liddell, a 6 de junho, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor, dá início aos Festivais deste ano.
A 7 de junho, às 22h00, na Black Box da Plataforma das Artes e da Criatividade “Raso como o Chão”, um trabalho performativo concebido e interpretado pela cantora Ana Deus e o artista visual João Sousa Cardoso, a partir do texto do escritor e pintor Álvaro Lapa, publicado em 1977.
Na mesma noite, mas noutro local, na sede do Círculo de Arte e Recreio, “Adalberto Silva Silva - Um espetáculo de realidade”, às 23h30, de Jacinto Lucas Pires, com interpretação de Ivo Alexandre, “Adalberto Silva Silva - Um espetáculo de realidade” é a alma de Adalberto Silva Silva em formato televisivo.
A partir de 8 de junho e ao longo do Festival, das 10h00 às 17h30, “Atabicar o caminho – um audiowalk para Guimarães”.
“Atabicar o caminho” resulta de um convite do Serviço Educativo de Guimarães 2012 ao músico e sonoplasta João Martins para atravessar e religar algumas das intervenções urbanas recentes em Guimarães, com particular enfoque na Zona de Couros.
A primeira semana do Festival culminará no sábado dia 8 de junho, às 21h30, com uma peça de Tom Stoppard, encenada por Marco Martins, no Grande Auditório do Centro Cultural Vila Flor.
A segunda semana dos Festivais Gil Vicente 2013 arrancará a 13 de junho, às 22h00, na Black Box da Fábrica Asa, com a apresentação de “Devagar”, de Howard Barker, um percurso que acompanha o trajeto interior de quatro princesas que debatem o seu destino enquanto os bárbaros se aproximam do palácio da cultura decadente.
A 14 de junho, “A Africana”, às 22h00, no Grande Auditório do CCVF. “A Africana” é o segundo projeto que a Companhia de Teatro Cão Solteiro realiza em parceria com o artista plástico Vasco Araújo.
A edição de 2013 dos Festivais Gil Vicente encerra a 15 de junho com dois monólogos: “A 20 de Novembro” e “Um Precipício no Mar”, dos Artistas Unidos. O primeiro terá lugar no Pequeno Auditório do Centro Cultural Vila Flor, a partir das 22h00. “Um Precipício no Mar” tem início após o término do primeiro espetáculo, estando previsto o seu começo para as 23h00, na Sala de Ensaios do CCVF.

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.