Arquivo: Edição de 22-03-2013

SECÇÃO: Generalidades

SER SAÚDE

Álcool: Encarar os problemas

foto
Os problemas ligados com o álcool são cada vez mais uma questão de Saúde Pública, interferindo com inúmeros aspetos da vida de um indivíduo e da comunidade. Em média, calcula-se que com níveis acima de 30g/dia para o homem e 20g/dia para a mulher, são de esperar problemas de saúde. No entanto, algumas pessoas têm doenças pelo consumo de álcool com quantidades relativamente menores.
O consumo excessivo de álcool está relacionado com a etiologia e/ou desenvolvimento de numerosos problemas e patologias, agudas e crónicas, de carácter físico, psicológico e social.
Atualmente, em Portugal, sobretudo nas faixas etárias mais jovens, o tipo de consumo é em binge drinking (consumo por picos),  tendo o consumo de bebidas destiladas vindo a aumentar de forma alarmante. Este consumo de origem anglo-saxónica tende a aumentar o período de negação do problema (os que ingerem álcool em excesso diariamente é que são alcoólicos, eu não). Na verdade, o consumo de álcool diário em pequenas quantidades pode provocar problemas de saúde. Por outro lado, o hábito de 3 dias consecutivos de consumo, seguido de alguns de abstinência (como é o caso do binge drinking), está também associado a uma maior probabilidade de desenvolver problemas de saúde.
O objetivo da abordagem dos doentes alcoólicos pelos Cuidados Primários, em paralelo com os grupos de autoajuda, tem por fim a sua recuperação integral, desintoxicação e a manutenção de uma abstinência.

Dr.ª Maria João Marques Ribeiro

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.