Arquivo: Edição de 23-12-2011

SECÇÃO: Informação Religiosa

Mensagem de Natal da Equipa Diocesana de Braga

«Vinde a Mim, todos os que andais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei.» (Mt 11, 28)
A Equipa Diocesana da Liga Operária Católica – Movimento de Trabalhadores Cristãos, da Diocese de Braga, que recentemente celebrou 75 anos de vida, esteve reunida a pensar em ti que trabalhas, que procuras o primeiro emprego, que estás desempregado, que já te reformaste, que foste vítima de acidente de trabalho, que estás doente e nas famílias trabalhadoras que necessitam de um salário, dum subsídio ou de uma pensão para sobreviver. 
Concluímos que o pensamento sem acção é insuficiente e por isso partilhamos contigo, em forma de Mensagem de Natal, as causas e consequências da situação do mundo do trabalho:
• A ganância está a matar as aspirações de quem quer trabalhar e fazer da sua profissão a continuidade da Obra da Criação;
• Pequenos grupos de rostos anónimos escondem-se por de trás da capa de gestores sem escrúpulos para roubar o pouco que resta das economias dos mais pobres e desprotegidos;
• Agem como «feras» esfomeadas em busca das vítimas indefesas, impondo tempos de trabalho sem controlo, reduzindo vencimentos, fragilizando as leis de protecção dos mais pobres, aumentando os impostos, impedindo o acesso gratuito aos bens de primeira necessidade como a saúde, a educação e a justiça.
• Parece que nos anestesiaram colocando-nos numa situação de medo, de angústia e impotência perante uma avalanche que caiu sobre protecção social e humanitária.
Jesus Cristo, cujo aniversário do seu nascimento nos preparamos para celebrar, recorda-nos que não foi para isto que nasceu: “o ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância.” (João 10;10). Esta é vida que pedimos para todos!
E porque queremos ser fiéis aos ensinamentos do Salvador não cruzamos os braços e apresentamos propostas que se forem ouvidas pelos poderosos da terra poderão contribuir para a construção de uma nova sociedade onde todos tenham vez e voz:
• Propomos a partilha do trabalho e da riqueza, recusando o aumento do tempo laboral e pugnando pela sua diminuição para que todos tenham emprego;
• Estamos com os desempregados, na procura de novas oportunidades de emprego e na valorização de conhecimentos através da formação contínua explorando novas iniciativas de emprego útil à sociedade;
• Apoiamos os reformados nos seus saberes e cultura, incentivando-os a criar ou dinamizar as suas associações cívicas em favor do bem comum.
Queremos contribuir para humanizar a sociedade, a sobriedade no consumo e fazer comunhão com todas as comunidades e movimentos da “Igreja que se alimenta da Palavra”.
Com Maria, mãe de Jesus, proclamamos a grandeza do Senhor, porque Ele dispersa os soberbos de coração, derruba do trono os poderosos e eleva os humildes; aos famintos enche de bens, e despede os ricos de mãos vazias. (cf. Lc 1,46-53)
Se tu quiseres tens ainda muitos motivos para fazeres deste Natal uma Festa. Mas ela depende de ti.
Nós somos parte integrante de ti e de todos que estão nesta caminhada, podes contar connosco.
 
Um Santo Natal

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.