Arquivo: Edição de 25-02-2011

SECÇÃO: Informação Religiosa

D. Pio Alves de Sousa

Bispo Auxiliar do Porto

Em nota oficial da Nunciatura Apostólica de 18 deste mês de Fevereiro de 2011 “O Santo Padre Bento XVI nomeou Bispo Auxiliar do Porto, com o título de Aquae Flaviae, o Rev.do Cón. Prof. Doutor Pio Gonçalo Alves de Sousa, Decano do Cabido da Sé Primacial de Braga e Presidente do Centro Regional de Braga da Universidade Católica”.

foto
 Como é de tradição, os bispos auxiliares assumem o título de alguma diocese histórica extinta; D. Pio assume o título da diocese Aquae Flaviae (Chaves) que pertenceu ultimamente a D. Anacleto Oliveira, bispo de Viana do Castelo.
Com a simplicidade e humildade que lhe são características, D. Pio Alves de Sousa, afirmou “Não obstante os muitos e aliciantes projectos que tinha à minha frente nos trabalhos que me tinham sido confiados, decidi, diante de Deus, dizer que sim, pela mesma razão pela qual tive que recomeçar em outras tantas ocasiões ao longo da vida”.
 D. Pio que nasceu em Viana do castelo em Abril de 1945 e foi ordenado presbítero em 15 de Agosto de 1968, exerceu as primícias do seu apostolado na paróquia de Creixomil, Guimarães, como vigário cooperador. Aqui deixou o testemunho da alegria e entusiasmo de sacerdote solícito e exemplar. A seguir iniciaria um percurso marcado pelo trabalho académico, nomeadamente na Universidade de Navarra onde se doutorou em Teologia Patrística em 1971 e, entre 1972 e 1983, leccionou disciplinas teológicas nas Faculdades de Teologia, Farmácia, Ciências Biológicas e Filosofia e Letras.
Tendo regressado a Braga em 1983, foi professor no Instituto Superior de Teologia (Seminário Conciliar de Braga) e, com incorporação deste Instituto na Faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa, passou a integrar o quadro docente desta Faculdade, da qual foi director-adjunto (Núcleo de Braga).
Na Universidade Católica Portuguesa, onde é professor catedrático desde 2003, Pio Alves de Sousa foi vice-reitor, entre 1994 e 2000, e presidente da Comissão Instaladora do Centro Regional de Braga (2007-2009).
Para além do trabalho académico, com investigação e publicação bibliográfica sobre a vida das comunidades cristãs nos primeiros séculos do cristianismo, Pio Alves de Sousa liderou o trabalho de conservação e restauro do património da Sé de Braga, onde dirigiu o Arquivo, a Biblioteca e o Tesouro-Museu.
A ordenação episcopal está marcada para 10 de Abril, às 16 horas, no Santuário do Sameiro e “Caridade na Verdade” é o lema escolhido pelo novo bispo auxiliar do Porto.
 
L.C.

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.