Arquivo: Edição de 10-11-2006

SECÇÃO: Região

19 de Novembro
Dia da Cercigui

foto
Para promover o DIA DA CERCIGUI a direcção do Lions Club de Guimarães e a direcção da Cercigui realizaram no passado dia 6 do corrente uma conferência de imprensa para a divulgação do seu programa e objectivos a alcançar no desenvolvimento das suas actividades.
Desde há 37 anos que o Lions Club de Guimarães segue o seu lema “Nós Servimos” prestando serviço a várias instituições do concelho de Guimarães.
Ora, a Cercigui é uma instituição de Guimarães e por conseguinte o DIA DA CERCIGUI a levar a efeito no próximo dia 19 de Novembro, no pavilhão Multiusos, pretende congregar um grande número de pessoas para um almoço e uma tarde preenchida com actividades recreativas e mostra dos trabalhos realizados pelos utentes da Cercigui.
foto
A promoção e a realização do DIA DA CERCIGUI visa sensibilizar os vimaranenses para a atenção devida à pessoa portadora de deficiência e, ao mesmo tempo, solicitar a partilha e a ajuda para fazer face a tantos encargos.
O convite a todos os Presidentes das Juntas de Freguesia do concelho e, bem cedo, ao Presidente da Câmara Municipal de Guimarães que logo anuiu à iniciativa, pretende ser um meio para abranger o maior número possível de participantes.
Os responsáveis pela realização do DIA DA CERCIGUI aguardam, ainda, a confirmação do Ministro da tutela para aquele DIA.
O DIA DA CERCIGUI a realizar no próximo dia 19 e que, segundo os seus promotores, pretende ser um grande DIA não será mais que  a consequência dos dias grandes e dos grandes dias que esta instituição vive diariamente. Sim, porque a Cercigui presta serviço a 221 utentes e confronta-se com uma grande lista de espera.
foto
O elevado número de jovens/adultos que procuram os serviços da Cercigui, em especial para utentes de Lar e Centro de Actividades Ocupacionais, levou a direcção a apresentar candidatura ao programa PARES com um projecto de arquitectura de Lar Residencial com o objectivo de atender no futuro 12 jovens/adultos.
O Lar será construído em S. João de Ponte, onde já funciona um Centro de Apoio Ocupacional e ficará naquele local por dois motivos: a existência de terreno e a ocupação nocturna, pois a diurna já se desenvolve.
Pretende, ainda, a direcção da Cercigui a mais  curto prazo,  apresentar nova candidatura a outro projecto: construir na freguesia de Rendufe um Centro de Actividades Ocupacionais (CAO).
Em Rendufe o Lar já funciona à noite, mas a direcção pretende com este novo projecto dar resposta aos jovens/adultos em regime diurno.
foto
O grande desafio de prestar serviço às pessoas portadoras de deficiência impulsiona a direcção da Cercigui para um percurso de alargamento das suas respostas e estes projectos implicam grandes e elevados custos, daí o apelo à  partilha de quantos queiram participar no Grande  DIA DA CERCIGUI.

Conceição Silva

A CERCIGUI, Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Guimarães, foi criada em 1977 com o objectivo de apoiar a população do Concelho portadora de deficiências e suas famílias.
Desde essa data, os serviços que presta à comunidade têm-se expandido estando, neste momento, em funcionamento 4 valências, designadamente: Centro Educacional, Apoio Domiciliário, Centro de Reabilitação e Formação Profissional, 2 Centros de Actividades Ocupacionais e o Lar Residencial de Rendufe.
foto
A Instituição funciona actualmente em 3 edifícios: um reservado ao Lar Residencial de Rendufe, outro ao Centro de Actividades Ocupacionais, situado no Parque Industrial de Guimarães em S. João de Ponte e a Sede, situada dentro da cidade de Guimarães, onde se desenvolvem as restantes actividades.

• Centro Educacional - 1977
Destinatários:
-Crianças e jovens com deficiência mental.
Objectivos:
- Proporcionar apoio psico-pedagógico a crianças e jovens com deficiência mental;
- Promover o desenvolvimento global da criança

• Apoio Domiciliário - 1988
Destinatários:
- Jovens com deficiência mental e/ou deficiência motora de grau severo/profundo, podendo apresentar múltiplas deficiências associadas. Outras situações poderão ser apoiadas como perturbações psiquiátricas, jovens em risco social, etc.
Objectivos:
- Promover a integração sócio ocupacional dos jovens;
- Promover apoio emocional e estrutural às famílias.

• Lar Residencial de Rendufe - 2000
Objectivos:
- Acolhimento de pessoas com deficiência sem retaguarda familiar, residentes no Concelho de Guimarães.

• Centro de Reabilitação e Formação Profissional - 1988
Destinatários:
- Jovens/adultos com necessidades educativas especiais;
- Idade igual ou superior a 15 anos.
Objectivos:
- Realizar o encaminhamento/avaliação/orientação profissional dos candidatos;
- Contribuir para o desenvolvimento pessoal escolar e profissional dos indivíduos;
- Promover a integração sócio-profissional quer por conta própria, quer por conta de outrém;
- Apoiar o processo de integração e pós-integração no mercado de trabalho.

> Dirija-se à CERCIGUI e adquira o seu bilhete/compra para o almoço (25euros)<

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.