Arquivo: Edição de 27-10-2006

SECÇÃO: Generalidades

A importância da lavagem das mãos

Todos nós temos micróbios no corpo, que nos ajudam a manter a saúde. Juntamente com os micróbios que normalmente estão na pele (flora residente), também podemos apanhar micróbios pelo contacto com pessoas ou objectos. Este tipo de micróbios, denominados de flora transitória, é mais fácil de transmitir, podendo provocar-nos doenças, e às pessoas com quem contactamos. Podemos até pensar que os micróbios só existem espalhados pelo ar, o facto é que estes se transmitem com mais facilidade através do contacto pelas mãos. Muitas das doenças transmitidas por alimentos estão associadas à falta de lavagem ou à lavagem mal feita das mãos. Existem também doenças que podem ser contraídas e transmitidas pelas mãos, pois os germes estão presentes nos mais diversos objectos e como não os visualizamos a olho nu, não tomamos medidas de prevenção. Exemplo disso, é quando se toca na maçaneta de uma porta, ao pressionar um botão de um elevador, segurar na barra dos transportes públicos ou traçar apertos de mãos.
As mãos são o principal veículo de transmissão dos microrganismos de um indivíduo para o outro. Assim sendo, a lavagem das mãos é considerada uma das medidas mais simples e mais eficazes de prevenção e controlo da infecção. Nenhuma outra medida de higiene pessoal tem impacto tão positivo na eliminação da infecção quanto a lavagem das mãos. A lavagem simples das mãos, que consiste na fricção com água e sabão, é o processo que tem por finalidade remover a sujidade e flora transitória. A água e o sabão removem os microrganismos transitórios adquiridos directa ou indirectamente do contacto com pessoas ou objectos.
Quando devemos lavar as mãos?
Lave sempre as suas mãos:
Antes de:
- Tocar em alimentos ou servi-los;
- Comer ou beber;
- Colocar ou retirar lentes de contacto;

foto
- Tratar de qualquer tipo de ferida (cortes, arranhões, queimaduras, etc.);
Após:
- Ter utilizado a casa de banho;
- Ajudar alguém a usar a casa de banho;
- Trocar fraldas (crianças / adultos, não esquecendo de lavar as mãos de quem as está a usar);
- Espirrar, tossir, assoar o seu nariz ou limpar o nariz de uma criança;
- Manusear alimentos crus, em especial carnes vermelhas, aves, peixes ou ovos crus;
- Manusear lixo;
- Tocar em animais ou limpar os seus excrementos;
- Cuidar de alguém que está doente ou ferido;
- Usar os transportes públicos;
- Visitar alguém ao Hospital;
- Prática de actividades ao ar livre.
Como lavar as mãos
Desde criança que todos nós aprendemos a lavar as mãos. Contudo, quando estamos com muita pressa, temos tendência a esquecer de lavar as mãos ou lavá-las rapidamente. Julgamos que as nossas mãos se encontram limpas, mas isto não acontece se não as lavarmos correctamente.
Para uma lavagem correcta das mãos deve seguir os seguintes passos:
1.º- Molhar as mãos;
2.º - Aplicar sabão líquido com PH neutro (de preferência sem perfume);
3.º - Ensaboar e esfregar as palmas e o dorso das mãos, os espaços entre os dedos, polegar, sob cada unha e pontas dos dedos, durante pelo menos 10 a 15 segundos;
4.º Passar por água até retirar toda a espuma;
5.º - Secar as mãos com toalhas de papel descartáveis;
6.º - Fechar a torneira com a toalha de papel.

Leonor Novais
Enfermeira

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.