Arquivo: Edição de 12-09-2008

SECÇÃO: Informação Religiosa

D. Antonino Dias

Novo Bispo de Portalegre-Castelo Branco
A notícia de que o Papa Bento XVI nomeara D. Antonino Dias Bispo Residencial de Portalegre-Castelo Branco foi dada no passado dia 8, festa da Natividade da Virgem Santa Maria.
Tomarei posse canónica da Diocese, em conformidade com o cânone 382 § 3, em 7 de Outubro próximo, dia de Nossa Senhora do Rosário, em cerimónia particular e simples.
Apresentar-me-ei ao Povo de Deus no domingo seguinte, 12 de Outubro, da parte da tarde. Que Deus nos abençoe e ajude.
Como bagagem, o pastor que sucede a D. Francisco Sanches, que há seis meses, tomou posse da arquidiocese de Évora leva o espírito inundado de esperanças como ele próprio diz:

foto
“Como São Paulo diante dos Coríntios, também me apresento «cheio de fraqueza, temor e muito tremor» (1 Cor 2, 3) mas confiante na força e inspiração do Espírito Santo, na presença terna e estimulante de Maria e na colaboração e oração de todos os diocesanos e amigos. Levo como tarefa fundamental do meu ministério pastoral o desejo de proclamar o Evangelho da Alegria e da Esperança. Daquela Esperança que «não engana» (Romanos 5, 5), gera a comunhão sadia e dinâmica e estimula o espírito missionário para enfrentar os desafios do presente e do futuro, na beleza de uma Igreja que reza, ama e serve como Cristo também rezou, amou e serviu”.
Quanto a nós, a esperança e alegria, que o anima, está bem fundamentada na apreciação que o Arcebispo Primaz, D. Jorge Ortiga referiu nestes termos:
Tendo sido sacerdote da Arquidiocese de Braga, antes da criação da Diocese de Viana do Castelo, onde os trabalhos pastorais demonstraram capacidade intelectual de compreensão dos acontecimentos civis e religiosos, o regresso a Braga, como Bispo Auxiliar, denotou muita dedicação e espírito de entrega incondicional.
Ninguém ignora a sua paixão pelos sacerdotes a quem ofereceu permanentes gestos de proximidade. Daí que o Presbitério bracarense sente-se enriquecido pela sua solicitude e expressa gratidão pelo estímulo que a cada sacerdote ofereceu.
Foram muitos os encargos desempenhados com leigos numa preocupação por uma Igreja-Povo de Deus que se corresponsabiliza organicamente no anúncio da Boa Nova. Ficará a presença serena e testemunhante dum amor que não se contenta com o caminho percorrido.
Antonino Eugénio Fernandes Dias nasceu a 15 de Dezembro de 1948 na freguesia de Longos Vales, Monção; ordenado sacerdote a 13 de Junho de 1974, no encerramento do Congresso Eucarístico Nacional; no ano lectivo de 1990/1991 foi licenciado pela faculdade de Teologia da Universidade Católica Portuguesa. Em 10 de Novembro do ano 2000, foi nomeado pelo Santo Padre João Paulo II, Bispo Titular de Tamata e Auxiliar da Arquidiocese de Braga.
É notável o seu serviço à Igreja, desenvolvido ao longo de cerca de trinta e quatro anos como demonstra o seu vasto e diversificado curriculum, o que significa que é bem promissora a sua missão. Que Deus o acompanhe.

Lima de Carvalho

Email do Jornal: jornal@oconquistador.com
Comentários sobre o site: webmaster@domdigital.pt.
Dom DigitalProduzido por ardina.com,
um produto da Dom Digital.